Os acidentes domésticos com crianças são mais comuns do que se imagina e podem acarretar sérios problemas. Os dados são preocupantes. Um em cada dez acidentes com as crianças acontece em casa. No país, os acidentes domésticos são a terceira causa de morte infantil. A solução para evitar esta situação é uma só, prevenção. Para isso, vale seguir algumas orientações para adaptar a casa do bebê.

É importante fazer uma avaliação rigorosa dos ambientes da casa do bebê. Apenas ensinar o pequeno a não tocar no que é perigoso não é o suficiente. Desta forma, a supervisão deve ser constante. Algumas adaptações em cômodos da casa, se não resolvem o problema, ao menos podem minimizar os riscos.

Na casa do bebê, nas salas e nos quartos, os móveis não devem ser posicionados próximo à janela. Fios expostos, de persianas ou eletrodomésticos, devem ter menos de 15 centímetros de comprimento. É preciso colocar grades nas janelas, ainda que o imóvel esteja no térreo. As quinas de móveis devem ser protegidas com cantoneiras de proteção.

Se houver escada, vale instalar portões no topo e na base. Vasos e plantas ornamentais devem ser retirados. Estas são tóxicas. Os protetores de tomada são essenciais e, para as crianças que engatinham, o chão deve receber um tapete antiderrapante, oferecendo mais mobilidade para a casa do bebê. Pequenas peças, que passem pela garganta do pequeno, devem ser colocadas em caixas, no topo de armários. No quarto dos pais, atenção aos criados-mudos.

Na cozinha, a preocupação é com os alimentos enlatados e vidros. Eles devem ser colocados na parte alta dos armários, assim como as sacolas plásticas, que podem asfixiar o bebê. Preferencialmente, as bocas de trás do fogão devem ser usadas. As panelas devem ficar longe do alcance das crianças e com o cabo virado para o fogão. Além disso, não se devem utilizar toalhas por baixo de recipientes com alimentos e líquidos quentes, a fim de evitar queimaduras.

Na casa do bebê, o vaso sanitário do banheiro dever ser tampado e a porta fechada. Remédios e produtos de beleza devem ser guardados à chave. O mesmo vale para os produtos de limpeza da área de serviço, que podem causar envenenamento se ingeridos pela criança. Lembre-se, em se tratando de bebês, menos é mais.

Clique aqui e tenha mais informações para evitar acidentes com crianças em casa.